Emedix - Portal de saúde com informações sobre doenças, prevenção, tratamento, saúde no dia a dia, nutrição e qualidade de vida.
Imagens
Diretório de Saúde Dicionário Médico Medicamentos Genéricos Comunidades Virtuais
Saúde no dia-a-dia
linha
  Alimentação Saudável
linha
  Atividade Física
linha
  Saúde da Família
linha
  Vitaminas/Sais Minerais
linha
  Fitoterápicos
linha
Doenças e Prevenção
linha
  Artigos médicos
linha
  Perguntas & Respostas
linha
  Ponto de Vista
linha
Descobertas Científicas
linha
  Notícias da Semana
linha
  Arquivo de Notícias
linha
  Notícias Setor Saúde
linha
  Agenda de Eventos
linha
Variedades
linha
  Cartão virtual
linha
  Teste seu conhecimento
linha
  Pesquisas Online
linha
  Serviços ao Leitor
linha
sobre nós
linha
  Equipe
linha
  Colaboradores
linha
  Campanhas de saúde
linha
  Anuncie Conosco
linha
  Termo de Compromisso
linha
Desenvolvimento: Tecnoweb

Notícias Março de  2000

Poucas provas de dependência de exercícios entre mulheres
Fonte: British Journal of Sports Medicine, 28/03/2000

Existem poucas provas da dependência de exercícios entre as mulheres, a não ser que sofram de algum distúrbio alimentar como bulimia ou anorexia, conforme revela pesquisa publicada neste mês no British Journal of Sports Medicine. Tais descobertas surgem em uma época em que se considera a necessidade compulsiva por exercícios como uma doença, à qual as mulheres são mais susceptíveis em virtude de sua preocupação com sua imagem.

Padrões de exercícios foram avaliados em mulheres freqüentadoras de academias, atletas profissionais e mulheres com distúrbios alimentares. Foram classificadas como "dependente de exercício primária", significando que se exercitavam excessivamente e "dependente de exercício secundária", significando que seus exercícios excessivos estavam relacionados a disfunções alimentares, que simplesmente possuíam uma desordem deste tipo ou que faziam parte do grupo controle, tendo uma das disfunções alimentares acima mencionadas. Análises detalhadas dos sintomas psicológicos foram feitas, bem como dos traços de personalidade, auto-imagem e auto-estima, crença nos exercícios e níveis de atividade física no ano anterior.

Os resultados demonstraram que, independentemente de anormalidades menstruais, não havia diferença, em nenhum dos critérios, entre as mulheres que faziam excesso de exercícios e mulheres "normais". Mas o grupo secundário apresentava maior pontuação para problemas psicológicos, neuroses, tendência ao vício, baixa auto-estima e maior preocupação com a imagem de si mesmas.

Conclui-se que pessoas que praticam exercícios excessivos não apresentam qualquer peculiaridade na personalidade ou problemas psicológicos que as descrevam como viciadas ou psicologicamente não saudáveis. Na verdade, estas mulheres gozam de saudável auto-estima.

da meta-anfetamina. Ainda não se sabe se os efeitos danosos são permanentes.


Enviar a um amigo

[voltar] [topo]

Atenção: As informações contidas neste site têm caráter informativo e não devem ser utilizadas para realizar auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Proibida a reprodução, distribuição ou publicação, parcial ou total, do conteúdo deste site estando o infrator sujeito às sanções legais cabíveis.


notícias 2000
Jan Fev Mar
Abr Mai Jun
Jul Ago Set
Out Nov Dez

Mais notícias:
1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015

+ notícias
marcador Novos antibióticos devem ser usados com sabedoria
marcador Fumo ligado a intelecto debilitado em idosos
marcador Soja protege o coração sem elevar taxa hormônios
marcador Combatendo doenças cardíacas em minutos
marcador Vitamina D é medicamento promissor contra o câncer
marcador O mel pode ser a cura
marcador Caroteno e vitamina E protegem contra dano do sol para pele
marcador Dieta e exercício têm importante papel na prevenção do câncer
marcador Risco de câncer de mama está ligado à terapia de reposição hormonal
marcador Vitamina E pode ajudar a reduzir declínio cognitivo em idosos
marcador A aspirina pode trazer mais problemas do que benefícios na prevenção de doenças coronárias
marcador Mulheres ainda não têm o costume de tomar vitaminas para prevenir defeitos congênitos em seus bebês
marcador Vitaminas C e E podem proteger contra o declínio mental e algumas demências
marcador Descoberto método inovador de terapia genética para doenças do coração
Home Saúde no dia-a-dia: Doenças e Prevenção: Pesquisas Científicas: Variedades: Sobre nós:
Contato Alimentação Saudável Artigos Médicos Notícias da Semana Cartão virtual Anuncie Conosco
Newsletter Atividade Física Perguntas e Respostas Arquivo de Notícias Pesquisas Online Equipe
Diretório de Saúde Saúde da Família Ponto de Vista Notícias - Setor de Saúde Testes e Curiosidades Colaboradores
Medicamentos Genéricos Vitaminas e Sais Minerais Comunidades Virtuais Agenda Serviços ao Leitor Termo de Compromisso
Dicionário Médico Fitoterápicos
Mapa do site
Desenvolvimento:Tecnoweb - Tel: (0xx21)2523-9108
Todos os direitos Reservados. 2000 - 2014 ®
Pesquisar
Inicio Newsletter Contato
Ecard Recomendar Twitter