Emedix - Portal de saúde com informações sobre doenças, prevenção, tratamento, saúde no dia a dia, nutrição e qualidade de vida.
Imagens
Diretório de Saúde Dicionário Médico Medicamentos Genéricos Comunidades Virtuais
Saúde no dia-a-dia
linha
  Alimentação Saudável
linha
  Atividade Física
linha
  Saúde da Família
linha
  Vitaminas/Sais Minerais
linha
  Fitoterápicos
linha
Doenças e Prevenção
linha
  Artigos médicos
linha
  Perguntas & Respostas
linha
  Ponto de Vista
linha
Descobertas Científicas
linha
  Notícias da Semana
linha
  Arquivo de Notícias
linha
  Notícias Setor Saúde
linha
  Agenda de Eventos
linha
Variedades
linha
  Cartão virtual
linha
  Teste seu conhecimento
linha
  Pesquisas Online
linha
  Serviços ao Leitor
linha
sobre nós
linha
  Equipe
linha
  Colaboradores
linha
  Campanhas de saúde
linha
  Anuncie Conosco
linha
  Termo de Compromisso
linha
Desenvolvimento: Tecnoweb

Notícias Fevereiro de  2001

Quão sensível é o seu cérebro ao dano induzido pelo álcool ?
Fonte: Alcoholism: Clinical & Experimental Research, 14/02/2001

Em 1967, o educador Marshall McLuhan publicou "O Meio é a Mensagem". Essa obra mudou a forma pela qual as pessoas pensavam sobre o impacto da televisão e sobre o futuro da comunicação. Descobertas do Simpósio da Sociedade de Pesquisa sobre Alcoolismo, em junho de 2000, indicaram que lesões cerebrais induzidas pelo álcool podem ser o meio que leva ao alcoolismo.

A pesquisa foi publicada na edição de fevereiro de Alcoholism: Clinical & Experimental Research.

"Essa é uma perspectiva diferente da progressão do alcoolismo. Nos últimos 20 anos, a ênfase das pesquisas era o que fazia as pessoas responderem ao álcool, independentemente do dano cerebral. O que se afirma aqui é que ao beber, modifica-se o cérebro, de maneiras diferentes em pessoas diferentes. A neurotoxicidade do álcool realimenta e determina, modula e modifica o curso do alcoolismo", diz Peter R. Martin, professor de psiquiatria e farmacologia, diretor do Centro de Adição Vanderbilt da Escola de Medicina da Universidade de Vanderbilt.

O simpósio inclui quatro estudos dirigidos às descobertas pré-clínicas (antes do estabelecimento da doença) e clínicas (relativas aos sintomas e ao curso da doença).

"As informações indicam que os fatores de risco para o alcoolismo incluem consumo intenso de bebida, genética ou bebida na adolescência", diz Fulton T. Crews, diretor do centro para estudos em Álcool da Universidade da Carolina do Norte. "Esses também podem ser fatores de risco para a lesão cerebral", complementa.

As más novas são: a simples ingestão de álcool pode danificar o cérebro, e os efeitos neurotóxicos são dependentes da constituição genética do indivíduo, sua idade, metabolismo e mesmo sexo. As boas novas são: devido à estreita relação entre o álcool e o cérebro, a recuperação é possível com o tratamento correto.

"Estudos pré-clínicos sugeriram que o dano cerebral é um componente do progresso da bebida casual ao vício. Sabemos que o tamanho do cérebro de um alcoólatra diminui. Estudos clínicos sugeriram que o "exercício cerebral" melhora o crescimento do cérebro até seu tamanho normal, além de recuperar do vício", diz Crews. "O novo crescimento do córtex frontal em particular pode ser essencial para uma recuperação bem sucedida. A inclusão de determinadas atividades na terapia, que requeiram o uso do córtex frontal, local da função executiva, inibição dos impulsos e estabelecimento de metas, melhora a recuperação e o aumento da retenção durante o programa de tratamento. Além disso, a terapia da tiamina parece aumentar os efeitos do tratamento, através da restauração de aspectos das funções do sistema nervoso central", complementa.

Em suma, as terapias que exercitam certas regiões do cérebro podem melhorar sua função. Isto pode, em troca, ajudar a aumentar as chances do indivíduo de se recuperar do alcoolismo. A redução do tamanho do cérebro que parece acompanhar o alcoolismo reverte-se no processo de recuperação. Além disso, o suplemento de tiamina pode ajudar os alcoólatras a recuperar a capacidade de lembrar.

"O principal ponto para o leitor é: o álcool pode causar lesão cerebral. Talvez o que determine a razão pela qual algumas pessoas se tornem alcoólatras não seja a forma pela qual respondem às ações farmacológicas do álcool, mas quão sensível seu cérebro é para sofrer uma lesão, a qual o modifica, por sua vez modificando as ações farmacológicas do álcool", diz Martin.

Futuros estudos devem focar a recuperação. "Precisamos lembrar que mesmo quando um alcoólatra pára de beber, algumas modificações já ocorreram em seu cérebro. Precisamos despender mais tempo para entender como o cérebro se recupera após a abstenção, pois isto determina quão bem os pacientes estão", complementa.


Enviar a um amigo

[voltar] [topo]

Atenção: As informações contidas neste site têm caráter informativo e não devem ser utilizadas para realizar auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Proibida a reprodução, distribuição ou publicação, parcial ou total, do conteúdo deste site estando o infrator sujeito às sanções legais cabíveis.


notícias 2001
Jan Fev Mar
Abr Mai Jun
Jul Ago Set
Out Nov Dez

Mais notícias:
1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015

+ notícias
marcador O sistema imune ajuda a prevenir tumores
marcador Nova esperança para os que sofrem de doenças neurodegenerativas
marcador O tratamento com vitaminas traz melhorias dramáticas
marcador Medicamento pode facilitar o tratamento para o vício em cocaína
marcador O QI está relacionado à longevidade
marcador A maioria das crianças com sinusite se recupera sem antibióticos
marcador Excesso de soja leva a pedras nos rins
marcador Energia de freqüência de rádio mata tumores sem necessidade de cirurgia
marcador Cérebros de surdos se adaptam para ‘sentir’ a música
marcador Estimulação cerebral elétrica reduz sintomas de doença de Parkinson
marcador Genoma do antraz pode conter novas pistas sobre sua infecção
marcador Função récem-descoberta do estrogênio em homens pode levar a contraceptivo masculino
marcador Novo método para ressuscitar o coração após parada cardíaca
marcador Ouvido biônico aprovado: são iniciados implantes
marcador Tratamento com oxigênio para asma severa pode salvar vidas
marcador Canabinóides podem prevenir enfermidades relacionadas à quimioterapia
marcador Descoberta forma para manter as crianças livres do fumo passivo
Home Saúde no dia-a-dia: Doenças e Prevenção: Pesquisas Científicas: Variedades: Sobre nós:
Contato Alimentação Saudável Artigos Médicos Notícias da Semana Cartão virtual Anuncie Conosco
Newsletter Atividade Física Perguntas e Respostas Arquivo de Notícias Pesquisas Online Equipe
Diretório de Saúde Saúde da Família Ponto de Vista Notícias - Setor de Saúde Testes e Curiosidades Colaboradores
Medicamentos Genéricos Vitaminas e Sais Minerais Comunidades Virtuais Agenda Serviços ao Leitor Termo de Compromisso
Dicionário Médico Fitoterápicos
Mapa do site
Desenvolvimento:Tecnoweb - Tel: (0xx21)2523-9108
Todos os direitos Reservados. 2000 - 2014 ®
Pesquisar
Inicio Newsletter Contato
Ecard Recomendar Twitter