Emedix - Portal de saúde com informações sobre doenças, prevenção, tratamento, saúde no dia a dia, nutrição e qualidade de vida.
Imagens
Diretório de Saúde Dicionário Médico Medicamentos Genéricos Comunidades Virtuais
Saúde no dia-a-dia
linha
  Alimentação Saudável
linha
  Atividade Física
linha
  Saúde da Família
linha
  Vitaminas/Sais Minerais
linha
  Fitoterápicos
linha
Doenças e Prevenção
linha
  Artigos médicos
linha
  Perguntas & Respostas
linha
  Ponto de Vista
linha
Descobertas Científicas
linha
  Notícias da Semana
linha
  Arquivo de Notícias
linha
  Notícias Setor Saúde
linha
  Agenda de Eventos
linha
Variedades
linha
  Cartão virtual
linha
  Teste seu conhecimento
linha
  Pesquisas Online
linha
  Serviços ao Leitor
linha
sobre nós
linha
  Equipe
linha
  Colaboradores
linha
  Campanhas de saúde
linha
  Anuncie Conosco
linha
  Termo de Compromisso
linha
Desenvolvimento: Tecnoweb

Notícias Janeiro de  2001

O tratamento do diabetes está em revolução
Fonte: Associação Médica Americana, 18/01/2001

Entre 1950 e 1994, o tratamento de pacientes com diabetes pouco mudou, mas, nos últimos cinco anos, uma revolução benéfica e silenciosa tem ocorrido. Hoje, os pacientes podem controlar os níveis sangüíneos de açúcar com maior precisão e esquivar-se das complicações da doença nos últimos anos de vida.

"Também houve grandes melhorias nos velhos tratamentos - melhores sistemas de administração de medicamentos, como as sulfoniluréias, de insulina e melhor monitoramento da glicose além de um melhor entendimento das doses mais apropriadas", diz o Dr. John B. Buse, professor associado de medicina da Escola de Medicina Chapel Hill Universidade da Carolina do Norte.

Atualmente, o diabetes de qualquer paciente pode ser controlado, porém as terapias são caras. "Um dos maiores desafios é que mais da metade das crianças que desenvolvem o diabetes apresentam o tipo 2, classicamente desenvolvida por adultos. Nossas crianças são freqüentemente obesas e sedentárias como pessoas de 50 e 60 anos de idade há uma geração atrás", complementa. Buse apresentou uma palestra sobre o assunto em uma reunião da Associação Médica Americana no dia 18 de janeiro.

"Testes clínicos recentes indicam que a concentração normal de açúcar no sangue pode compensar em algumas situações. Entre essas, estão as doenças do coração, doença vascular periférica, derrame, danos aos nervos, problemas com os olhos e doenças dos rins em diabetes tipo 1 e 2", diz Buse.

As melhorias incluem novas sulfoniluréias (estimulam o pâncreas a produzir mais insulina); metformina (melhora a resposta natural do fígado, o qual previne a liberação excessiva de açúcar no sangue); inibidores de alfa-glicosidase (reduz a velocidade de quebra do amido e , portanto, a liberação de açúcar pelos intestinos para a corrente sangüínea); megitinidas (estimulam a produção de insulina) e tiazolidinadionas (permitem o uso eficiente da insulina e reduzem o risco cardíaco associado ao diabetes).

A insulina, gerada pelo pâncreas em pessoas saudáveis, é suplementada ou reposta no sangue para habilitar o metabolismo de açúcares. Tem o propósito de sinalizar ao fígado para interromper a fabricação de glicose.

Quando os níveis de insulina são baixos, o fígado bombeia o açúcar para fora e o seu acúmulo é interrompido nos músculos e na gordura, de forma que o cérebro receba quantidade suficiente da mesma. Quando os níveis de glicose caem, como após exercícios ou jejuns, menos insulina é necessária.

"O corpo não conhece o nível de glicose e precisa do sinal da insulina para parar sua fabricação e iniciar o estoque. As velhas técnicas de administração de insulina artificial não permitiam o equilíbrio perfeito", diz Buse.

Em casos de diabetes tipo 1, células que fabricam insulina são destruídas por um processo seletivo imune. O tratamento envolve a melhor reposição possível da produção de insulina. Análogos da insulina de ação rápida criados por técnicas de DNA recombinante se comportam muito similarmente à insulina que flui diretamente pela veia portal do pâncreas e depois para o resto do corpo.

No diabetes tipo 2, ocorrem dois problemas. Primeiramente, o corpo não produz insulina suficiente e, além disso, a insulina gerada não funciona tão bem quanto deveria nos tecidos que respondem a ela. A metformina melhora a sensibilidade do fígado para lidar com o segundo problema, enquanto que outros medicamentos aumentam a produção.

"O futuro do tratamento para diabetes é promissor. Esse ano deveremos alcançar uma insulina de longa duração e de ação rápida, além de vários outros medicamentos", finaliza Buse.


Enviar a um amigo

[voltar] [topo]

Atenção: As informações contidas neste site têm caráter informativo e não devem ser utilizadas para realizar auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Proibida a reprodução, distribuição ou publicação, parcial ou total, do conteúdo deste site estando o infrator sujeito às sanções legais cabíveis.


notícias 2001
Jan Fev Mar
Abr Mai Jun
Jul Ago Set
Out Nov Dez

Mais notícias:
1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015

+ notícias
marcador O sistema imune ajuda a prevenir tumores
marcador Nova esperança para os que sofrem de doenças neurodegenerativas
marcador O tratamento com vitaminas traz melhorias dramáticas
marcador Medicamento pode facilitar o tratamento para o vício em cocaína
marcador O QI está relacionado à longevidade
marcador A maioria das crianças com sinusite se recupera sem antibióticos
marcador Excesso de soja leva a pedras nos rins
marcador Energia de freqüência de rádio mata tumores sem necessidade de cirurgia
marcador Cérebros de surdos se adaptam para ‘sentir’ a música
marcador Estimulação cerebral elétrica reduz sintomas de doença de Parkinson
marcador Genoma do antraz pode conter novas pistas sobre sua infecção
marcador Função récem-descoberta do estrogênio em homens pode levar a contraceptivo masculino
marcador Novo método para ressuscitar o coração após parada cardíaca
marcador Ouvido biônico aprovado: são iniciados implantes
marcador Tratamento com oxigênio para asma severa pode salvar vidas
marcador Canabinóides podem prevenir enfermidades relacionadas à quimioterapia
marcador Descoberta forma para manter as crianças livres do fumo passivo
Home Saúde no dia-a-dia: Doenças e Prevenção: Pesquisas Científicas: Variedades: Sobre nós:
Contato Alimentação Saudável Artigos Médicos Notícias da Semana Cartão virtual Anuncie Conosco
Newsletter Atividade Física Perguntas e Respostas Arquivo de Notícias Pesquisas Online Equipe
Diretório de Saúde Saúde da Família Ponto de Vista Notícias - Setor de Saúde Testes e Curiosidades Colaboradores
Medicamentos Genéricos Vitaminas e Sais Minerais Comunidades Virtuais Agenda Serviços ao Leitor Termo de Compromisso
Dicionário Médico Fitoterápicos
Mapa do site
Desenvolvimento:Tecnoweb - Tel: (0xx21)2523-9108
Todos os direitos Reservados. 2000 - 2014 ®
Pesquisar
Inicio Newsletter Contato
Ecard Recomendar Twitter