Emedix - Portal de saúde com informações sobre doenças, prevenção, tratamento, saúde no dia a dia, nutrição e qualidade de vida.
Imagens
Diretório de Saúde Dicionário Médico Medicamentos Genéricos Comunidades Virtuais
Saúde no dia-a-dia
linha
  Alimentação Saudável
linha
  Atividade Física
linha
  Saúde da Família
linha
  Vitaminas/Sais Minerais
linha
  Fitoterápicos
linha
Doenças e Prevenção
linha
  Artigos médicos
linha
  Perguntas & Respostas
linha
  Ponto de Vista
linha
Descobertas Científicas
linha
  Notícias da Semana
linha
  Arquivo de Notícias
linha
  Notícias Setor Saúde
linha
  Agenda de Eventos
linha
Variedades
linha
  Cartão virtual
linha
  Teste seu conhecimento
linha
  Pesquisas Online
linha
  Serviços ao Leitor
linha
sobre nós
linha
  Equipe
linha
  Colaboradores
linha
  Campanhas de saúde
linha
  Anuncie Conosco
linha
  Termo de Compromisso
linha
Desenvolvimento: Tecnoweb

Notícias outubro de  2001

Depressão e transtorno de déficit de atenção em garotas
Fonte: Journal of Developmental and Behavioral Pediatrics, 11/10/2001

Garotas mais velhas com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) tendem a sofrer de depressão e ansiedade e geralmente têm QI mais alto do que garotos com o mesmo diagnóstico, segundo um novo estudo publicado na edição de outubro do periódico Journal of Developmental and Behavioral Pediatrics.

Segundo Pamela Kato, autora do estudo, essas descobertas sugerem que o TDAH pode se expressar em garotas de maneiras não previstas em estudos anteriores. É também provável que os índices relativamente altos de QI tenham sido um obstáculo para a realização do diagnóstico.

Ainda que milhões de crianças sejam diagnosticadas com TDAH, alguns acreditam que a desordem não seja tratada adequadamente, particularmente em garotas. De acordo com a autora e seus colaboradores do departamento de pediatria da Escola de Medicina da Universidade Stanford, muitos estudos sobre TDAH foram direcionados apenas para garotos, tornando o diagnóstico para meninas pouco preciso.

Os pesquisadores revisaram registros médicos de 75 meninas diagnosticadas com TDAH para determinar quais características lhes eram comuns, independente de idade, e que traços da desordem diferiam entre aquelas com idade entre 4 e 8 anos e 9 e 19. Também compararam, de maneira geral, garotas e garotos.

Foi descoberto que garotas mais velhas internalizam seus sentimentos com freqüência, eram retraídas, reclamavam de sua saúde física, apresentavam problemas sociais e também sintomas de ansiedade e depressão. Em garotos, a depressão e o TDAH pareciam se desenvolver independentes uma da outra. Kato acredita que esse novo estudo mostra que a natureza da associação entre as duas desordens em mulheres é nebulosa e deveria ser estudada.

"Garotas mais velhas com TDAH também demonstravam características positivas. Identificamos uma grande proporção de participantes com índices altos de QI verbal, algo inesperado, pois os sintomas de TDAH têm sido constantemente associados a índices baixos de QI, especialmente verbal", afirmou Kato.

Aparentemente não existem diferenças entre os grupos etários quanto a gravidade das dificuldades de atenção e quanto ao comportamento impulsivo. Kato sugere que garotas testadas para TDAH também devam ser examinadas para desordens de depressão e ansiedade.


Enviar a um amigo

[voltar] [topo]

Atenção: As informações contidas neste site têm caráter informativo e não devem ser utilizadas para realizar auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Proibida a reprodução, distribuição ou publicação, parcial ou total, do conteúdo deste site estando o infrator sujeito às sanções legais cabíveis.


notícias 2001
Jan Fev Mar
Abr Mai Jun
Jul Ago Set
Out Nov Dez

Mais notícias:
1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015

+ notícias
marcador O sistema imune ajuda a prevenir tumores
marcador Nova esperança para os que sofrem de doenças neurodegenerativas
marcador O tratamento com vitaminas traz melhorias dramáticas
marcador Medicamento pode facilitar o tratamento para o vício em cocaína
marcador O QI está relacionado à longevidade
marcador A maioria das crianças com sinusite se recupera sem antibióticos
marcador Excesso de soja leva a pedras nos rins
marcador Energia de freqüência de rádio mata tumores sem necessidade de cirurgia
marcador Cérebros de surdos se adaptam para ‘sentir’ a música
marcador Estimulação cerebral elétrica reduz sintomas de doença de Parkinson
marcador Genoma do antraz pode conter novas pistas sobre sua infecção
marcador Função récem-descoberta do estrogênio em homens pode levar a contraceptivo masculino
marcador Novo método para ressuscitar o coração após parada cardíaca
marcador Ouvido biônico aprovado: são iniciados implantes
marcador Tratamento com oxigênio para asma severa pode salvar vidas
marcador Canabinóides podem prevenir enfermidades relacionadas à quimioterapia
marcador Descoberta forma para manter as crianças livres do fumo passivo
Home Saúde no dia-a-dia: Doenças e Prevenção: Pesquisas Científicas: Variedades: Sobre nós:
Contato Alimentação Saudável Artigos Médicos Notícias da Semana Cartão virtual Anuncie Conosco
Newsletter Atividade Física Perguntas e Respostas Arquivo de Notícias Pesquisas Online Equipe
Diretório de Saúde Saúde da Família Ponto de Vista Notícias - Setor de Saúde Testes e Curiosidades Colaboradores
Medicamentos Genéricos Vitaminas e Sais Minerais Comunidades Virtuais Agenda Serviços ao Leitor Termo de Compromisso
Dicionário Médico Fitoterápicos
Mapa do site
Desenvolvimento:Tecnoweb - Tel: (0xx21)2523-9108
Todos os direitos Reservados. 2000 - 2014 ®
Pesquisar
Inicio Newsletter Contato
Ecard Recomendar Twitter