Emedix - Portal de saúde com informações sobre doenças, prevenção, tratamento, saúde no dia a dia, nutrição e qualidade de vida.
Imagens
Diretório de Saúde Dicionário Médico Medicamentos Genéricos Comunidades Virtuais
Saúde no dia-a-dia
linha
  Alimentação Saudável
linha
  Atividade Física
linha
  Saúde da Família
linha
  Vitaminas/Sais Minerais
linha
  Fitoterápicos
linha
Doenças e Prevenção
linha
  Artigos médicos
linha
  Perguntas & Respostas
linha
  Ponto de Vista
linha
Descobertas Científicas
linha
  Notícias da Semana
linha
  Arquivo de Notícias
linha
  Notícias Setor Saúde
linha
  Agenda de Eventos
linha
Variedades
linha
  Cartão virtual
linha
  Teste seu conhecimento
linha
  Pesquisas Online
linha
  Serviços ao Leitor
linha
sobre nós
linha
  Equipe
linha
  Colaboradores
linha
  Campanhas de saúde
linha
  Anuncie Conosco
linha
  Termo de Compromisso
linha
Desenvolvimento: Tecnoweb

Notícias outubro de  2001

Detalhes sobre o funcionamento da toxina do Antraz
Fonte: Nature, 24/10/2001

Em artigos publicados no periódico Nature, pesquisadores responsáveis por dois estudos sobre o antraz explicam como a toxina invade uma célula e a destrói e demonstram que pelo menos uma molécula pode prevenir esse processo. Ainda que em estágio laboratorial, essas descobertas fornecem novas possibilidades para tratamentos potenciais contra o antraz.

Existem diversos tipos de antraz, mas os pesquisadores estão especialmente preocupados com o transmitido através de inalação, no qual os esporos inalados atingem os pulmões, onde germinam, produzindo uma toxina potente. "Se a bactéria não é destruída logo após a infecção, o micróbio tem tempo para produzir uma quantidade fatal de toxina, contra a qual as drogas correntes não são efetivas," afirmou Anthony S. Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (NIAID), responsável pelos estudos.

A toxina do antraz possui três partes. Duas delas, fator edema (EF) e fator letal (LF), podem destruir as células de dentro para fora ou impedir que elas trabalhem. Um terceiro componente, antígeno de proteção (PA), transporta o EF e o LF para dentro das células. Nos novos estudos, os pesquisadores fizeram duas perguntas críticas: Que molécula da superfície das células animais o PA utiliza como porta, ou receptor, para entrar; e como a toxina LF ataca e destrói seu alvo intracelular.

Através de análises genéticas, os pesquisadores identificaram uma proteína superficial de células animais, a qual chamaram de ATR, que demonstrou ser o receptor da toxina do antraz. O próximo passo foi identificar a que região da ATR a toxina se prende. Com essa informação, produziram uma versão reduzida e independente do receptor contendo essa região. Ao misturar o fragmento do receptor com células de roedores e a toxina do antraz em um tubo de ensaio, as células foram completamente protegidas da destruição.

"O receptor solúvel funcionou como uma esponja, absorvendo a toxina antes desta se ligar ao ATR nas células," explicou Dr. John Young, especialista em moléculas receptoras, da Universidade de Wisconsin. "Agora que sabemos como é o receptor do antraz, podemos estudar um grande número de pequenas moléculas e descobrir se também podem prevenir a ligação da toxina ao ATR e a invasão das células."

Para descobrir como o LF se liga ao seu alvo intracelular, pesquisadores estudaram sua estrutura tridimensional através de raios-x obtidos no momento em que o LF se liga a uma proteína chamada MAPKK e destrói uma de suas extremidades impedindo seu trabalho. Como a MAPKK é um "interruptor" molecular importante, que controla a comunicação celular interna, sua destruição leva à morte da célula.

"Através do entendimento de como o LF ataca a MAPKK, temos as informações necessárias para projetar novos medicamentos.", disse Robert Liddington, do Instituto Burnham, responsável pelo estudo da estrutura do LF.


Enviar a um amigo

[voltar] [topo]

Atenção: As informações contidas neste site têm caráter informativo e não devem ser utilizadas para realizar auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Proibida a reprodução, distribuição ou publicação, parcial ou total, do conteúdo deste site estando o infrator sujeito às sanções legais cabíveis.


notícias 2001
Jan Fev Mar
Abr Mai Jun
Jul Ago Set
Out Nov Dez

Mais notícias:
1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015

+ notícias
marcador O sistema imune ajuda a prevenir tumores
marcador Nova esperança para os que sofrem de doenças neurodegenerativas
marcador O tratamento com vitaminas traz melhorias dramáticas
marcador Medicamento pode facilitar o tratamento para o vício em cocaína
marcador O QI está relacionado à longevidade
marcador A maioria das crianças com sinusite se recupera sem antibióticos
marcador Excesso de soja leva a pedras nos rins
marcador Energia de freqüência de rádio mata tumores sem necessidade de cirurgia
marcador Cérebros de surdos se adaptam para ‘sentir’ a música
marcador Estimulação cerebral elétrica reduz sintomas de doença de Parkinson
marcador Genoma do antraz pode conter novas pistas sobre sua infecção
marcador Função récem-descoberta do estrogênio em homens pode levar a contraceptivo masculino
marcador Novo método para ressuscitar o coração após parada cardíaca
marcador Ouvido biônico aprovado: são iniciados implantes
marcador Tratamento com oxigênio para asma severa pode salvar vidas
marcador Canabinóides podem prevenir enfermidades relacionadas à quimioterapia
marcador Descoberta forma para manter as crianças livres do fumo passivo
Home Saúde no dia-a-dia: Doenças e Prevenção: Pesquisas Científicas: Variedades: Sobre nós:
Contato Alimentação Saudável Artigos Médicos Notícias da Semana Cartão virtual Anuncie Conosco
Newsletter Atividade Física Perguntas e Respostas Arquivo de Notícias Pesquisas Online Equipe
Diretório de Saúde Saúde da Família Ponto de Vista Notícias - Setor de Saúde Testes e Curiosidades Colaboradores
Medicamentos Genéricos Vitaminas e Sais Minerais Comunidades Virtuais Agenda Serviços ao Leitor Termo de Compromisso
Dicionário Médico Fitoterápicos
Mapa do site
Desenvolvimento:Tecnoweb - Tel: (0xx21)2523-9108
Todos os direitos Reservados. 2000 - 2014 ®
Pesquisar
Inicio Newsletter Contato
Ecard Recomendar Twitter