Emedix - Portal de saúde com informações sobre doenças, prevenção, tratamento, saúde no dia a dia, nutrição e qualidade de vida.
Imagens
Diretório de Saúde Dicionário Médico Medicamentos Genéricos Comunidades Virtuais
Saúde no dia-a-dia
linha
  Alimentação Saudável
linha
  Atividade Física
linha
  Saúde da Família
linha
  Vitaminas/Sais Minerais
linha
  Fitoterápicos
linha
Doenças e Prevenção
linha
  Artigos médicos
linha
  Perguntas & Respostas
linha
  Ponto de Vista
linha
Descobertas Científicas
linha
  Notícias da Semana
linha
  Arquivo de Notícias
linha
  Notícias Setor Saúde
linha
  Agenda de Eventos
linha
Variedades
linha
  Cartão virtual
linha
  Teste seu conhecimento
linha
  Pesquisas Online
linha
  Serviços ao Leitor
linha
sobre nós
linha
  Equipe
linha
  Colaboradores
linha
  Campanhas de saúde
linha
  Anuncie Conosco
linha
  Termo de Compromisso
linha
Desenvolvimento: Tecnoweb

Notícias Abril de  2005

Doença de Alzheimer: Alguns pacientes podem se beneficiar com a memantina
Fonte: The Cochrane Library, 20/04/2005

A droga memantina pode reduzir a deterioração cognitiva e perda nas funções diárias em pacientes com a doença de Alzheimer moderada a severa, de acordo com uma nova revisão de estudos. Os efeitos da memantina são pequenos mas que podem ser percebidos clinicamente, depois dos pacientes terem tomado 20 mg da droga durante 28 semanas, de acordo com Dr. Rupert McShane of the University of Oxford e colegas.

Os efeitos da memantina foram medidos por meio de diversos testes que avaliaram as habilidades de pensamento dos pacientes, atividades diárias e humor. Apesar de não existir evidência que a droga possa tratar a agitação dos pacientes com Alzheimer, parece que ela pode prevenir o surgimento da mesma.

Os estudos também sugerem algum benefício cognitivo com o uso da droga por pacientes com a doença de Alzheimer leve ou moderada e a demência vascular, que ocorre quando o cérebro é privado de oxigênio devido a vasos sangüíneos bloqueados ou doentes. Entretanto, essas mudanças não foram significativas clinicamente e permanece desconhecido se existe um benefício real em casos leves a moderados, escrevem McShane e colegas.

O FDA aprovou, em 2003, a memantina para o tratamento da demência na doença de Alzheimer moderada e severa. Na Europa, o medicamento foi aprovado em 2002.

A revisão incluiu nove estudos publicados que envolveram 2.339 participantes, mas os resultados de três importantes estudos ainda não foram publicados.

Para compensar os dados que faltam, os pesquisadores também coletaram as informações públicas disponíveis sobre os 3 estudos ainda não publicados sobre memantina. McShane e colegas estimaram como os possíveis melhores e piores resultados dos estudos ainda não publicados podem afetar a evidência geral para o uso da memantina. Mesmo que o resultado do estudo não publicado seja um efeito nulo da memantina sobre a demência na doença de Alzheimer moderada ou severa, a evidência geral dos estudos ainda tenderia em favor do uso da droga, concluíram os pesquisadores.

"A memantina é um tratamento sintomático para a doença de Alzheimer, e não a sua cura. Ela produz um retardo na progressão da doença por algum tempo", disse Dr. Piero G. Antuono, professor de neurologia no Medical College of Wisconsin. A memantina e outros tratamentos para da forma severa da doença de Alzheimer levanta questões éticas, diz McShane. "É possível que a droga apenas estenda o tempo total de deterioração sem reduzir o ônus pessoal e social da doença. A doença de Alzheimer é a causa mais comum de demência.

Mais de 4 milhões de americanos possuem Alzheimer, e após os 65 anos, a prevalência da doença dobra a cada 5 anos, de acordo com o National Institute on Aging. A demência vascular é a segunda causa mais comum de demência nas sociedades ocidentais. Em ambos os tipos de demência, não existem terapias comprovadas que revertam o dano cerebral.


Enviar a um amigo

[voltar] [topo]

Atenção: As informações contidas neste site têm caráter informativo e não devem ser utilizadas para realizar auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Proibida a reprodução, distribuição ou publicação, parcial ou total, do conteúdo deste site estando o infrator sujeito às sanções legais cabíveis.


notícias 2005
Jan Fev Mar
Abr Mai Jun
Jul Ago Set
Out Nov Dez

Mais notícias:
1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015

+ notícias
marcador Doença de Alzheimer: Óleo de peixe pode combater a doença
marcador Alzheimer: Pesquisadores descobrem ligação entre insulina e doença
marcador Nutrição pré-natal deficiente danifica função de células produtoras de insulina
marcador Atividade física associada com proteção à doença de Parkinson
marcador Toxoplasmose: Médicos recomendam exame em todas mulheres grávidas e recém-nascidos
marcador Alzheimer: Dieta pobre em carboidratos e poucas calorias diminui sua progressão
marcador Chá de Camomila é benéfíco à saúde
Home Saúde no dia-a-dia: Doenças e Prevenção: Pesquisas Científicas: Variedades: Sobre nós:
Contato Alimentação Saudável Artigos Médicos Notícias da Semana Cartão virtual Anuncie Conosco
Newsletter Atividade Física Perguntas e Respostas Arquivo de Notícias Pesquisas Online Equipe
Diretório de Saúde Saúde da Família Ponto de Vista Notícias - Setor de Saúde Testes e Curiosidades Colaboradores
Medicamentos Genéricos Vitaminas e Sais Minerais Comunidades Virtuais Agenda Serviços ao Leitor Termo de Compromisso
Dicionário Médico Fitoterápicos
Mapa do site
Desenvolvimento:Tecnoweb - Tel: (0xx21)2523-9108
Todos os direitos Reservados. 2000 - 2014 ®
Pesquisar
Inicio Newsletter Contato
Ecard Recomendar Twitter