Emedix - Portal de saúde com informações sobre doenças, prevenção, tratamento, saúde no dia a dia, nutrição e qualidade de vida.
Imagens
Diretório de Saúde Dicionário Médico Medicamentos Genéricos Comunidades Virtuais
Saúde no dia-a-dia
linha
  Alimentação Saudável
linha
  Atividade Física
linha
  Saúde da Família
linha
  Vitaminas/Sais Minerais
linha
  Fitoterápicos
linha
Doenças e Prevenção
linha
  Artigos médicos
linha
  Perguntas & Respostas
linha
  Ponto de Vista
linha
Descobertas Científicas
linha
  Notícias da Semana
linha
  Arquivo de Notícias
linha
  Notícias Setor Saúde
linha
  Agenda de Eventos
linha
Variedades
linha
  Cartão virtual
linha
  Teste seu conhecimento
linha
  Pesquisas Online
linha
  Serviços ao Leitor
linha
sobre nós
linha
  Equipe
linha
  Colaboradores
linha
  Campanhas de saúde
linha
  Anuncie Conosco
linha
  Termo de Compromisso
linha
Desenvolvimento: Tecnoweb

Notícias Abril de  2005

Antibiótico pode combater problemas neurológicos decorrentes do HIV
Fonte: Journal of the American Medical Association, 27/04/2005

Pesquisadores do Johns Hopkins descobriram que o antibiótico minociclina pode ajudar a aliviar os efeitos negativos do HIV no cérebro e no sistema nervoso, que se desenvolvem mesmo quando a terapia antiretroviral controla o vírus no organismo.

Cinco macacos infectados com o vírus da imunodeficiência símia (SIV, em inglês), um parente bem próximo do HIV, que foram tratados com minociclina tiveram menos danos nas células cerebrais, menos inflamação cerebral e menos vírus no sistema nervoso central quando comparados com seis macacos infectados que não receberam tratamento.

"Nas pessoas, o tratamento antiretroviral controla o HIV no sangue mas a maioria das drogas não atravessa a barreira sangue-cérebro muito bem", diz Christine Zink, D.V.M., Ph.D., professora de medicina comparativa no Johns Hopkins University School of Medicine. "Como resultado, embora a infecção pareça estar sob controle, ela ainda pode causar danos no cérebro. E como as pessoas com HIV estão vivendo mais tempo, a prevalência de danos neurológicos está crescendo e atualmente não existem drogas para o seu tratamento".

Em uso há mais de 30 anos, a minociclina foi desenvolvida especialmente para atravessar a barreira sangue-cérebro, o "muro" biológico que limita o que pode passar do sangue para o cérebro. Outros pesquisadores reportaram que esse antibiótico pode proteger células cerebrais em modelos animais de outras doenças - esclerose múltipla, esclerose lateral amiotrófica, doença de Alzheimer, derrame ou outras. A droga está sendo testada nos primeiros estudos clínicos para algumas doenças não relacionadas com HIV.

No ano passado descobrimos que o SIV dispara alguns caminhos biológicos de morte celular e inflamação idênticos ao de outras doenças", disse Sheila Barber, Ph.D., professora assistente de medicina comparativa. Um estudo clínico multicentro está sendo planejado para testar se a minociclina tem os mesmos efeitos em pessoas infectadas pelo HIV, mas que não deve começar antes do próximo ano. "É muito cedo recomendar minociclina para os pacientes. É necessário primeiro realizar um estudo clínico para provar a sua segurança e eficácia contra danos cognitivos associados ao HIV", enfatiza Ned Sacktor, M.D., professor associado de neurologia no Johns Hopkins Bayview Medical Center e que não participou da pesquisa, mas é um dos médicos que está participando do planejamento do estudo.

Tanto SIV como HIV afetam da mesma maneira os mesmos tecidos e usam os mesmos truques para infectar as células e enganar os tratamentos, mas o SIV afeta apenas primatas não-humanos e o HIV infecta apenas pessoas.

Drogas antiretrovirais têm como alvo e interferem nas proteínas virais. Em contraste, a minociclina não atinge o vírus ou suas proteínas. Os pesquisadores mostraram que a minociclina "acalma" caminhos biológicos que envolvem duas proteínas - MCP-1 e p38, implicadas nos danos de doenças neurodegenerativas.

A proteína MCP-1, quando secretada pelas células cerebrais atacadas pelo HIV ou SIV, ataca células que combatem infecção conhecidas como macrófagos, que depois entram no cérebro. A entrada dessas células contribuem para o inchaço e inflamação conhecida como encefalite.

A proteína p38 ajuda a desencadear uma série de eventos que resultam na morte programada da célula - a apoptose.

Apenas 1 dos 5 macacos tratados apresentou alguns traços de encefalite e a condição dos outros foi considerada branda por um conjunto de medidas padrão. Depois do mesmo período de tempo - 83 dias após a infecção, 5 dos 6 macacos não tratados apresentavam evidência de encefalite moderada ou grave e muito mais evidência física de dano às células cerebrais.

O modelo animal já ajudou a melhorar a compreensão de como HIV deve afetar o cérebro e esta é a primeira vez que está sendo usado para testar tratamentos potenciais. Experimentos laboratoriais mostraram que a minociclina de alguma forma suprime a replicação de HIV e SIV em macrófagos - as células imunes recrutadas para o cérebro durante a infecção pelo HIV - e linfócitos - as células imunes que carregam HIV e SIV "adormecidos" mesmo quando o tratamento antiretroviral é efetivo.

"Se as observações preliminares se confirmarem, a minociclina pode ser importante no tratamento da infecção por HIV em países em desenvolvimento onde o acesso às drogas antiretrovirais tradicionais é muito limitado", diz Kinz. "A maioria das 40 milhões de pessoas infectadas com HIV vivem nesses países".


Enviar a um amigo

[voltar] [topo]

Atenção: As informações contidas neste site têm caráter informativo e não devem ser utilizadas para realizar auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Proibida a reprodução, distribuição ou publicação, parcial ou total, do conteúdo deste site estando o infrator sujeito às sanções legais cabíveis.


notícias 2005
Jan Fev Mar
Abr Mai Jun
Jul Ago Set
Out Nov Dez

Mais notícias:
1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015

+ notícias
marcador Doença de Alzheimer: Óleo de peixe pode combater a doença
marcador Alzheimer: Pesquisadores descobrem ligação entre insulina e doença
marcador Nutrição pré-natal deficiente danifica função de células produtoras de insulina
marcador Atividade física associada com proteção à doença de Parkinson
marcador Toxoplasmose: Médicos recomendam exame em todas mulheres grávidas e recém-nascidos
marcador Alzheimer: Dieta pobre em carboidratos e poucas calorias diminui sua progressão
marcador Chá de Camomila é benéfíco à saúde
Home Saúde no dia-a-dia: Doenças e Prevenção: Pesquisas Científicas: Variedades: Sobre nós:
Contato Alimentação Saudável Artigos Médicos Notícias da Semana Cartão virtual Anuncie Conosco
Newsletter Atividade Física Perguntas e Respostas Arquivo de Notícias Pesquisas Online Equipe
Diretório de Saúde Saúde da Família Ponto de Vista Notícias - Setor de Saúde Testes e Curiosidades Colaboradores
Medicamentos Genéricos Vitaminas e Sais Minerais Comunidades Virtuais Agenda Serviços ao Leitor Termo de Compromisso
Dicionário Médico Fitoterápicos
Mapa do site
Desenvolvimento:Tecnoweb - Tel: (0xx21)2523-9108
Todos os direitos Reservados. 2000 - 2014 ®
Pesquisar
Inicio Newsletter Contato
Ecard Recomendar Twitter