Emedix - Portal de saúde com informações sobre doenças, prevenção, tratamento, saúde no dia a dia, nutrição e qualidade de vida.
Imagens
Diretório de Saúde Dicionário Médico Medicamentos Genéricos Comunidades Virtuais
Saúde no dia-a-dia
linha
  Alimentação Saudável
linha
  Atividade Física
linha
  Saúde da Família
linha
  Vitaminas/Sais Minerais
linha
  Fitoterápicos
linha
Doenças e Prevenção
linha
  Artigos médicos
linha
  Perguntas & Respostas
linha
  Ponto de Vista
linha
Descobertas Científicas
linha
  Notícias da Semana
linha
  Arquivo de Notícias
linha
  Notícias Setor Saúde
linha
  Agenda de Eventos
linha
Variedades
linha
  Cartão virtual
linha
  Teste seu conhecimento
linha
  Pesquisas Online
linha
  Serviços ao Leitor
linha
sobre nós
linha
  Equipe
linha
  Colaboradores
linha
  Campanhas de saúde
linha
  Anuncie Conosco
linha
  Termo de Compromisso
linha
Desenvolvimento: Tecnoweb

Notícias Abril de  2005

Cocaína: Estudo pode levar à primeira medicação para tratamento da dependência
Fonte: Journal of Neuropsychopharmacology, 10/01/2005

A dependência à cocaína é o maior problema de saúde pública que afeta milhares de pessoas ao redor do globo terrestre. Apesar de anos de pesquisas, ainda não há medicações aprovadas para o tratamento deste vício que destrói vidas. Pesquisadores estão agora esperançosos que brevemente poderão mudar isso baseados nos resultados de um estudo controlado realizado na University of Pennsylvania School of Medicine.

Os pesquisadores identificaram Modafinil - um agente estimulante aprovado para o tratamento de narcolepsia - como um possível tratamento medicamentoso para a dependência à cocaína. Num estudo controlado com placebo duplamente cego, os pesquisadores descobriram que o Modafinil promoveu a abstinência de cocaína em pacientes que buscavam tratamento. Em um estudo anterior conduzido pelo mesmo grupo de pesquisa, mostrou-se também que o Modafinil abranda a euforia induzida pela cocaína, o que talvez seja uma vantagem clínica. "Se confirmado em investigação adicional, esta pode ser a ruptura das linhas inimigas que estávamos esperando," disse Charles Dackis, MD, chefe da psiquiatria da University of Pennsylvania Medical Center- Presbyterian e pesquisador principal do estudo.

"A cocaína é capaz de destruir não apenas a vida daqueles que são dependentes, mas também daqueles que estão a sua volta," acrescentou Dackis.

"Um tratamento efetivo para a dependência à cocaína poderá ajudar aqueles que são mais vulneráveis na nossa sociedade a dominar a sua dependência e a recuperar o controle de suas vidas".

O estudo foi conduzido no Penn's Treatment Research Center entre 2002 e 2003. Envolveu de 62 pacientes dependentes de cocaína (idades entre 25 e 63 anos) sem doenças clínicas e psiquiátricas significativas. Todos os participantes eram da Filadélfia. Depois de uma triagem inicial, pacientes eleitos foram aleatoriamente designados para receberem uma dose única matinal de modafinil (400mg), ou comprimidos placebos idênticos, durante oito semanas, juntamente com terapia comportamental cognitivo (CBT) duas vezes na semana. Trinta participantes foram tratados com Modafinil; e trinta e dois receberam placebo.

A avaliação primária da eficácia foi a abstinência de cocaína, medida por um teste da toxicidade na urina. Avaliações secundárias foram desejo incontrolado, privação da cocaína, retenção, e eventos adversos. Pacientes tratados com Modafinil forneceram significativamente mais amostras de urinas negativas de cocaína nas oito semanas do que aqueles que receberam placebo, e maior probabilidade de conseguir prolongar a abstinência a cocaína.

Junto com esta descoberta, pesquisadores também descobriram que não ocorreram eventos adversos sérios naqueles tratados com Modafinil, e nenhum dos pacientes desistiu de completar o estudo devido a qualquer efeito colateral. "Estes resultados preliminares são bastante promissores e três estudos maiores sobre o Modafinil para dependência de cocaína estão em andamento, um dos quais na University of Pennsylvania", acrescentou Dr. Dackis.

Este estudo foi financiado pelo National Institute of Drug Abuse. Cephalon Inc que forneceu Modafinil e comprimidos placebos idênticos, mas não teve participação no projeto ou na implementação do experimento. Outros pesquisadores da University of Pennsylvania que contribuíram com o estudo foram Kyle M. Kampman, MD, Kevin G. Lynch, PhD, Helen M. Pettinati, PhD, and Charles O'Brien, MD, PhD.


Enviar a um amigo

[voltar] [topo]

Atenção: As informações contidas neste site têm caráter informativo e não devem ser utilizadas para realizar auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Proibida a reprodução, distribuição ou publicação, parcial ou total, do conteúdo deste site estando o infrator sujeito às sanções legais cabíveis.


notícias 2005
Jan Fev Mar
Abr Mai Jun
Jul Ago Set
Out Nov Dez

Mais notícias:
1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015

+ notícias
marcador Doença de Alzheimer: Óleo de peixe pode combater a doença
marcador Alzheimer: Pesquisadores descobrem ligação entre insulina e doença
marcador Nutrição pré-natal deficiente danifica função de células produtoras de insulina
marcador Atividade física associada com proteção à doença de Parkinson
marcador Toxoplasmose: Médicos recomendam exame em todas mulheres grávidas e recém-nascidos
marcador Alzheimer: Dieta pobre em carboidratos e poucas calorias diminui sua progressão
marcador Chá de Camomila é benéfíco à saúde
Home Saúde no dia-a-dia: Doenças e Prevenção: Pesquisas Científicas: Variedades: Sobre nós:
Contato Alimentação Saudável Artigos Médicos Notícias da Semana Cartão virtual Anuncie Conosco
Newsletter Atividade Física Perguntas e Respostas Arquivo de Notícias Pesquisas Online Equipe
Diretório de Saúde Saúde da Família Ponto de Vista Notícias - Setor de Saúde Testes e Curiosidades Colaboradores
Medicamentos Genéricos Vitaminas e Sais Minerais Comunidades Virtuais Agenda Serviços ao Leitor Termo de Compromisso
Dicionário Médico Fitoterápicos
Mapa do site
Desenvolvimento:Tecnoweb - Tel: (0xx21)2523-9108
Todos os direitos Reservados. 2000 - 2014 ®
Pesquisar
Inicio Newsletter Contato
Ecard Recomendar Twitter