Emedix - Portal de saúde com informações sobre doenças, prevenção, tratamento, saúde no dia a dia, nutrição e qualidade de vida.
Imagens
Diretório de Saúde Dicionário Médico Medicamentos Genéricos Comunidades Virtuais
Saúde no dia-a-dia
linha
  Alimentação Saudável
linha
  Atividade Física
linha
  Saúde da Família
linha
  Vitaminas/Sais Minerais
linha
  Fitoterápicos
linha
Doenças e Prevenção
linha
  Artigos médicos
linha
  Perguntas & Respostas
linha
  Ponto de Vista
linha
Descobertas Científicas
linha
  Notícias da Semana
linha
  Arquivo de Notícias
linha
  Notícias Setor Saúde
linha
  Agenda de Eventos
linha
Variedades
linha
  Cartão virtual
linha
  Teste seu conhecimento
linha
  Pesquisas Online
linha
  Serviços ao Leitor
linha
sobre nós
linha
  Equipe
linha
  Colaboradores
linha
  Campanhas de saúde
linha
  Anuncie Conosco
linha
  Termo de Compromisso
linha
Desenvolvimento: Tecnoweb

Notícias Abril de  2005

Estresse retarda a cura de ferida; oxigênio ajuda
Fonte: Brain, Behavior, and Immunity, 28/07/2005

A cura de ferida é lenta quando um animal está estressado, mas dose extra de oxigênio reverte quase completamente o efeito, de acordo com pesquisadores na University of Illinois at Chicago. Em um estudo em ratos laboratoriais, Phillip Marucha, professor de periodontologia na UIC College of Dentistry, e seus colegas descobriram que estresse psicológico, ocasionado pelo confinamento, retarda a cicatrização de feridas por mais de 45%.

Uma série de mudanças genéticas e celulares foram responsáveis pela lenta recuperação.

"As células que ajudam os tecidos a se refazerem não se diferenciaram no modo que elas o fariam em animais normais. Elas não se alinharam como deveriam e não desenvolveram as minúsculas fibras contráteis que ajudam a juntar as extremidades da ferida", disse Marucha. "A expressão do gene que codifica a proteína para aquelas fibras estava prejudicada".

Entretanto, quando os animais recebiam oxigênio hiperbárico (oxigênio numa pressão maior do que o oxigênio atmosférico), a demora na cura foi quase eliminada.

Marucha disse que o estresse lança uma seqüência de eventos que contraem os vasos sangüíneos e priva os tecidos de oxigênio.

"Sem oxigênio suficiente, os tecidos não conseguem se curar", ele disse. "O oxigênio ativa as células inflamatórias do sistema imune que ajudam na cura. Também, derivados de oxigênio como alvejante e peróxido, são parte de um arsenal de produtos nocivos que aquelas células usam para eliminar a bactéria nas feridas".

Os pesquisadores supuseram que a terapia de oxigênio hiperbárico anulava a demora na cura não porque aliviava o estresse, mas porque ajudava diretamente na cura da ferida.

Para provar aquela hipótese, eles mediram níveis de expressão do gene para uma enzima chamada sintase de óxido nítrico induzível, que produz o óxido nítrico. O óxido nítrico está criticamente envolvido na cura da ferida, aumentando fluxo sangüíneo e distribuindo oxigênio e atacando a bactéria. Se os níveis de oxigênio caem, a atividade do gene aumenta.

Os pesquisadores descobriram que quando os animais estavam estressados, a expressão do gene aumentava, presumivelmente para ajudar a produzir mais óxido nítrico. Mas quando os animais recebiam oxigênio hiperbárico, a expressão do gene voltava aos níveis normais, sugerindo que os níveis de óxido nítrico necessários para a cura tinham sido restabelecidos pelo aumento dos níveis de oxigênio nos tecidos.


Enviar a um amigo

[voltar] [topo]

Atenção: As informações contidas neste site têm caráter informativo e não devem ser utilizadas para realizar auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Proibida a reprodução, distribuição ou publicação, parcial ou total, do conteúdo deste site estando o infrator sujeito às sanções legais cabíveis.


notícias 2005
Jan Fev Mar
Abr Mai Jun
Jul Ago Set
Out Nov Dez

Mais notícias:
1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015

+ notícias
marcador Doença de Alzheimer: Óleo de peixe pode combater a doença
marcador Alzheimer: Pesquisadores descobrem ligação entre insulina e doença
marcador Nutrição pré-natal deficiente danifica função de células produtoras de insulina
marcador Atividade física associada com proteção à doença de Parkinson
marcador Toxoplasmose: Médicos recomendam exame em todas mulheres grávidas e recém-nascidos
marcador Alzheimer: Dieta pobre em carboidratos e poucas calorias diminui sua progressão
marcador Chá de Camomila é benéfíco à saúde
Home Saúde no dia-a-dia: Doenças e Prevenção: Pesquisas Científicas: Variedades: Sobre nós:
Contato Alimentação Saudável Artigos Médicos Notícias da Semana Cartão virtual Anuncie Conosco
Newsletter Atividade Física Perguntas e Respostas Arquivo de Notícias Pesquisas Online Equipe
Diretório de Saúde Saúde da Família Ponto de Vista Notícias - Setor de Saúde Testes e Curiosidades Colaboradores
Medicamentos Genéricos Vitaminas e Sais Minerais Comunidades Virtuais Agenda Serviços ao Leitor Termo de Compromisso
Dicionário Médico Fitoterápicos
Mapa do site
Desenvolvimento:Tecnoweb - Tel: (0xx21)2523-9108
Todos os direitos Reservados. 2000 - 2014 ®
Pesquisar
Inicio Newsletter Contato
Ecard Recomendar Twitter