Emedix - Portal de saúde com informações sobre doenças, prevenção, tratamento, saúde no dia a dia, nutrição e qualidade de vida.
Imagens
Diretório de Saúde Dicionário Médico Medicamentos Genéricos Comunidades Virtuais
Saúde no dia-a-dia
linha
  Alimentação Saudável
linha
  Atividade Física
linha
  Saúde da Família
linha
  Vitaminas/Sais Minerais
linha
  Fitoterápicos
linha
Doenças e Prevenção
linha
  Artigos médicos
linha
  Perguntas & Respostas
linha
  Ponto de Vista
linha
Descobertas Científicas
linha
  Notícias da Semana
linha
  Arquivo de Notícias
linha
  Notícias Setor Saúde
linha
  Agenda de Eventos
linha
Variedades
linha
  Cartão virtual
linha
  Teste seu conhecimento
linha
  Pesquisas Online
linha
  Serviços ao Leitor
linha
sobre nós
linha
  Equipe
linha
  Colaboradores
linha
  Campanhas de saúde
linha
  Anuncie Conosco
linha
  Termo de Compromisso
linha
Desenvolvimento: Tecnoweb

Notícias Abril de  2005

Câncer de Mama: Atividades físicas aumentam sobrevivência
Fonte: JAMA, 25/05/2005

Mulheres com câncer de mama que praticaram exercícios físicos equivalentes a andar 1 hora ou mais por semana tiveram sobrevivência mais longa, comparadas àquelas que se exercitaram menos ou que não se exercitaram.

Existem razões para acreditar que atividade física pode prolongar a sobrevivência de mulheres com câncer de mama, de acordo com informações do artigo. A atividade física foi associada a níveis mais baixos de hormônios ovarianos circulantes, que podem explicar a relação entre atividade física e o câncer de mama. Níveis mais baixos de estrogênio entre mulheres fisicamente ativas, portadoras do câncer de mama, podem melhorar a sobrevivência, embora existam poucos elementos para sustentar essa hipótese.

Michelle D. Holmes, MD, DrPH do of Brigham and Women's Hospital e da Harvard Medical School, em Boston, e seus colegas conduziram um estudo para examinar se um maior grau de atividade física, depois do diagnóstico de câncer de mama, estaria associado com uma sobrevivência mais longa. O estudo baseou-se nas respostas de 2.987 enfermeiras inscritas no Nurses' Health Study, que foram diagnosticadas com câncer de mama nos estágios I, II e III, entre 1984 e 1998 e que foram acompanhadas até a morte ou junho de 2002. As atividades físicas foram dimensionadas como horas de tarefa metabólica equivalente (MET). Três MET-horas são equivalentes a caminhar de 2 a 2.9 milhas durante 1 hora.

Os pesquisadores descobriram que, comparadas com mulheres comprometidas em menos de 3 MET-horas por semana de atividade física, o risco de morte relativo ajustado por câncer de mama foi 20% menor para 3 a 8,9 MET-horas por semana; 50% menor para 9 a 14,9 MET-horas por semana; 44% menor para 15 a 23,9 MET-horas por semana e 40% menor para 24 ou mais MET-horas por semana.

O benefício da atividade física foi, particularmente, aparente entre mulheres com tumores sensíveis a hormônios. O risco de morte por câncer de mama foi 50% menor em mulheres com tumores sensíveis a hormônio e que realizaram 9 ou mais MET-horas de atividades por semana, comparadas a mulheres que realizaram menos de 9 MET-horas por semana. Comparado com mulheres comprometidas com menos de 3 MET-horas de atividades por semana, a redução do risco de morte não-ajustado absoluto foi 6% em 10 anos para mulheres comprometidas com nove ou mais MET-horas por semana.

"Foi estimado que as mulheres diminuem sua atividade física em 2 horas por semana após o diagnóstico de câncer de mama, com maior redução entre mulheres obesas, e que menos de 1/3 das sobreviventes de câncer de mama participam de atividades físicas recomendadas pelas agências governamentais. Mulheres com câncer de mama que seguem as recomendações do Centers for Disease Control and Prevention para que todos os indivíduos nos Estados Unidos se exercitem de forma moderada por 30 ou mais minutos por dia, por cinco ou mais dias por semana, podem sobreviver mais", concluem os autores.


Enviar a um amigo

[voltar] [topo]

Atenção: As informações contidas neste site têm caráter informativo e não devem ser utilizadas para realizar auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Proibida a reprodução, distribuição ou publicação, parcial ou total, do conteúdo deste site estando o infrator sujeito às sanções legais cabíveis.


notícias 2005
Jan Fev Mar
Abr Mai Jun
Jul Ago Set
Out Nov Dez

Mais notícias:
1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015

+ notícias
marcador Doença de Alzheimer: Óleo de peixe pode combater a doença
marcador Alzheimer: Pesquisadores descobrem ligação entre insulina e doença
marcador Nutrição pré-natal deficiente danifica função de células produtoras de insulina
marcador Atividade física associada com proteção à doença de Parkinson
marcador Toxoplasmose: Médicos recomendam exame em todas mulheres grávidas e recém-nascidos
marcador Alzheimer: Dieta pobre em carboidratos e poucas calorias diminui sua progressão
marcador Chá de Camomila é benéfíco à saúde
Home Saúde no dia-a-dia: Doenças e Prevenção: Pesquisas Científicas: Variedades: Sobre nós:
Contato Alimentação Saudável Artigos Médicos Notícias da Semana Cartão virtual Anuncie Conosco
Newsletter Atividade Física Perguntas e Respostas Arquivo de Notícias Pesquisas Online Equipe
Diretório de Saúde Saúde da Família Ponto de Vista Notícias - Setor de Saúde Testes e Curiosidades Colaboradores
Medicamentos Genéricos Vitaminas e Sais Minerais Comunidades Virtuais Agenda Serviços ao Leitor Termo de Compromisso
Dicionário Médico Fitoterápicos
Mapa do site
Desenvolvimento:Tecnoweb - Tel: (0xx21)2523-9108
Todos os direitos Reservados. 2000 - 2014 ®
Pesquisar
Inicio Newsletter Contato
Ecard Recomendar Twitter