Emedix - Portal de saúde com informações sobre doenças, prevenção, tratamento, saúde no dia a dia, nutrição e qualidade de vida.
Imagens
Diretório de Saúde Dicionário Médico Medicamentos Genéricos Comunidades Virtuais
Saúde no dia-a-dia
linha
  Alimentação Saudável
linha
  Atividade Física
linha
  Saúde da Família
linha
  Vitaminas/Sais Minerais
linha
  Fitoterápicos
linha
Doenças e Prevenção
linha
  Artigos médicos
linha
  Perguntas & Respostas
linha
  Ponto de Vista
linha
Descobertas Científicas
linha
  Notícias da Semana
linha
  Arquivo de Notícias
linha
  Notícias Setor Saúde
linha
  Agenda de Eventos
linha
Variedades
linha
  Cartão virtual
linha
  Teste seu conhecimento
linha
  Pesquisas Online
linha
  Serviços ao Leitor
linha
sobre nós
linha
  Equipe
linha
  Colaboradores
linha
  Campanhas de saúde
linha
  Anuncie Conosco
linha
  Termo de Compromisso
linha
Desenvolvimento: Tecnoweb

Notícias Fevereiro de  2006

Botox pode ajudar a atingir tumores resistentes a tratamentos
Fonte: Clinical Cancer Research, 15/02/2006

O Botox pode ter um novo uso como adjuvante na terapia para câncer, fornecendo uma nova porta para tratamentos com radiação e quimioterapia, segundo estudo publicado.

O estudo realizado com camundongos foi conduzido por Bernard Gallez, Ph.D., professor de farmácia na Université de Louvain, em Bruxelas - Bélgica, descobriu que injetando neurotoxinas botulina tipo A em dois tipos de tumores em camundongos, a vasculatura celular se abriu, permitindo a destruição mais efetiva de células cancerosas resistentes ao tratamento. O estudo é o primeiro a testar a idéia de usar o Botox contra o câncer e explora a possibilidade de seu uso como adjuvante, auxiliando a aplicação efetiva de quimioterapia e radiação.

A descoberta marca uma área relativamente nova na pesquisa do câncer, que objetiva abrir transitoriamente os vasos sangüíneos que alimentam as células de tumores a fim de "entregar/aplicar" agentes terapêuticos. Até recentemente, muitas pesquisas sobre câncer focaram no oposto: redução do crescimento dos vasos sangüíneos para privar de nutrientes as células dos tumores.

"A vasculatura do tumor é alvo de várias abordagens anti-câncer avançadas que podem parecer contraditórias", disse Gallez. "Alvos anti-angiogênese e anti-vascular são métodos que objetivam destruir os vasos que alimentam os tumores e, por conseqüência, privá-los de oxigênio e nutrientes. Em contraste, abordagens pró-vascular aumentam a perfusão do tumor e a oxigenação temporariamente".

Embora os tratamentos com radiação e quimioterapia tenham se estabelecidos como padrão, as células tumorais da maioria dos tipos de câncer têm apresentado resistência crescente às terapias. Esse fenômeno tem levado a dosagens de radiação e quimioterapia mais tóxicas e maior esforço para desenvolver novas drogas.

Para aumentar a eficácia dos tratamentos anti-câncer, o novo estudo examinou estratégias que transitoriamente abrem o leito vascular para aliviar a hipóxia do tumor.

"A hipóxia é uma fonte de resistência à radioterapia e é uma fator determinante no prognóstico insatisfatório do tumor aos tratamentos citotóxicos", disse Gallez. "A toxina botulina pode levar à inibição de contrações dos vasos do tumor, melhorar a perfusão e a oxigenação do tumor e intensificar a resposta à radioterapia e quimioterapia".

A toxina age no sistema nervoso bloqueando a liberação de neurotransmissores, particularmente a acetilcolina e norepinefrina. Como a toxina impede a liberação de neurotransmissor no sistema nervoso simpático, Gallez e colegas levantaram a hipótese de que a toxina poderia impedir a contração neuromuscular dos vasos em tumores. A inibição dessa contração poderia literalmente abrir uma porta para melhorar a perfusão do tumor pelas drogas quimioterápicas e a oxigenação que intensifica a radioterapia.

Os cientistas usaram dois modelos de tumor, um para fibrosarcoma e outro para tumor de fígado de camundongo. O botox foi injetado no tumor quando este atingiu cerca de 6 mm. Os tumores foram então examinados durante três dias, em relação a mudanças vasculares e de perfusão bem como resposta a terapias anti-câncer.

Nos testes para oxigenação, a pressão de oxigênio celular aumentou significativamente depois do tratamento com Botox em ambos os tipos de tumores. Resultados de imagem por ressonância magnética (MRI) mostraram maior perfusão nos camundongos tratados depois de três dias. Além disso, o "pré-tratamento" com Botox conduziu a retardos significativamente maiores no crescimento do tumor bem como estimulação da apoptose (morte celular programada) quando comparado à irradiação sem Botox.

A combinação do Botox e agente quimioterápico ciclofosfamida mostrou o crescimento atrofiado do tumor. "Este é o primeiro modelo experimental demonstrando como o Botox pode afetar a reação de vasos sangüíneos que alimentam tumores", disse Gallez. "Os microvasos de tumores se formam rapidamente e não possuem camadas de músculo liso mas, dentro dos tumores, podem-se encontrar vasos sangüíneos maduros, com camadas de músculo liso que respondem à toxinas como a Botulina.

Diversos laboratórios estão trabalhando em novas estratégias para aliviar a hipóxia do tumor, tornando-o tumor sensível ao tratamento. O Botox parece oferecer a vantagem da seletividade, ausência de toxicidade e uso por um período mais longo do que outros agentes que atuam na vasculatura do tumor. Outras pesquisas podem nos ajudar a determinar se esta abordagem pode ser útil no tratamento de câncer em humanos.


Enviar a um amigo

[voltar] [topo]

Atenção: As informações contidas neste site têm caráter informativo e não devem ser utilizadas para realizar auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Proibida a reprodução, distribuição ou publicação, parcial ou total, do conteúdo deste site estando o infrator sujeito às sanções legais cabíveis.


notícias 2006
Jan Fev Mar
Abr Mai Jun
Jul Ago Set
Out Nov Dez

Mais notícias:
1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015

+ notícias
marcador Batatas fritas pré-cozidas no microondas têm menor quantidade de acrilamida
marcador Solidão associada à hipertensão em idosos
marcador Dieta Mediterrânea diminui o risco de Alzheimer
marcador Uso de estatina melhora desempenho erétil de alguns homens
marcador Maçã melhora a memória
marcador Pessoas que restringem calorias possuem corações mais jovens
marcador Exercício acelera a cura de feridas em idosos
marcador Caminhar reduz declínio decorrente da doença arterial periférica
marcador Leite achocolatado pode ser a chave para vida mais saudável e mais longa
marcador Vitamina D inibe a progressão de alguns cânceres de próstata
marcador Caminhar reduz declínio decorrente da doença arterial periférica
marcador Amamentação melhora saúde mental
marcador Composto químico encontrado em morangos melhora memória
Home Saúde no dia-a-dia: Doenças e Prevenção: Pesquisas Científicas: Variedades: Sobre nós:
Contato Alimentação Saudável Artigos Médicos Notícias da Semana Cartão virtual Anuncie Conosco
Newsletter Atividade Física Perguntas e Respostas Arquivo de Notícias Pesquisas Online Equipe
Diretório de Saúde Saúde da Família Ponto de Vista Notícias - Setor de Saúde Testes e Curiosidades Colaboradores
Medicamentos Genéricos Vitaminas e Sais Minerais Comunidades Virtuais Agenda Serviços ao Leitor Termo de Compromisso
Dicionário Médico Fitoterápicos
Mapa do site
Desenvolvimento:Tecnoweb - Tel: (0xx21)2523-9108
Todos os direitos Reservados. 2000 - 2014 ®
Pesquisar
Inicio Newsletter Contato
Ecard Recomendar Twitter