Emedix - Portal de saúde com informações sobre doenças, prevenção, tratamento, saúde no dia a dia, nutrição e qualidade de vida.
Imagens
Diretório de Saúde Dicionário Médico Medicamentos Genéricos Comunidades Virtuais
Saúde no dia-a-dia
linha
  Alimentação Saudável
linha
  Atividade Física
linha
  Saúde da Família
linha
  Vitaminas/Sais Minerais
linha
  Fitoterápicos
linha
Doenças e Prevenção
linha
  Artigos médicos
linha
  Perguntas & Respostas
linha
  Ponto de Vista
linha
Descobertas Científicas
linha
  Notícias da Semana
linha
  Arquivo de Notícias
linha
  Notícias Setor Saúde
linha
  Agenda de Eventos
linha
Variedades
linha
  Cartão virtual
linha
  Teste seu conhecimento
linha
  Pesquisas Online
linha
  Serviços ao Leitor
linha
sobre nós
linha
  Equipe
linha
  Colaboradores
linha
  Campanhas de saúde
linha
  Anuncie Conosco
linha
  Termo de Compromisso
linha
Desenvolvimento: Tecnoweb

Notícias Novembro 2010

Consumo crônico de álcool pode afetar o ritmo circadiano

Alcoholism: Clinical & Experimental Research, 01/11/2010

Álcool prejudica sono

O ritmo circadiano é regulado por genes do relógio circadiano e estudos em animais mostram que a ingestão crônica de álcool pode alterar a expressão desses genes.

Um novo estudo descobriu os que os genes do relógio circadiano em dependentes de álcool (DA) apresentam níveis significativamente mais baixos de ácido ribonucléico mensageiro (mRNA), uma molécula de RNA que ajuda a produzir proteínas, confirmando a relação entre a desregulação do gene do relógio circadiano e o consumo de álcool por humanos. No estudo, ao invés de utilizar modelos animais foram utilizadas amostras de sangue para examinar a desregulação circadiana.

"O ritmo biológico diário do corpo, ou ritmo circadiano, modula nossas funções fisiológicas e comportamentos relacionados, tais como a temperatura corporal, secreções hormonais e o ciclo de sono/vigília", explicou Sy-Jye Leu, pesquisadora do Taipei Medical University e uma das autoras do estudo. "Os ritmos circadianos são a manifestação externa de um sistema de temporização interno, que é impulsionado por vários elementos genéticos, o que chamamos de genes do relógio circadiano".

A expressão apropriada ou a regulação desses genes é necessária para qualquer organismo programar eficientemente atividades fisiológicas e comportamentais, a fim de garantir a sua sobrevivência, disse a pesquisadora.

"Estudos anteriores haviam demonstrado que o álcool pode prejudicar diretamente a transmissão neuronal no cérebro, que por sua vez influencia a atividade dos genes do relógio circadiano e perturba as respostas relacionadas ao ritmo circadiano", disse Leu.

Leu e seus colegas examinaram amostras de sangue de 22 pacientes do sexo masculino com dependência alcoólica e 12 pacientes saudáveis para controle. Os resultados mostraram níveis basais do mRNA significativamente menores nos genes do relógio circadiano de pacientes com DA do que no grupo de controle, o que indica uma diminuição generalizada da expressão do gene do relógio circadiano em indivíduos com consumo crônico de álcool.

"Em outras palavras, o consumo crônico de álcool foi associado à destruição da expressão normal do gene do relógio circadiano, causando uma disfunção do ritmo circadiano e pode estar associada a uma variedade de problemas fisiológicos, como a alteração do ciclo sono/vigília, depressão e até mesmo câncer."

Além disso, disse que Leu, a expressão gênica reduzida não foi restaurada com o tratamento de abstinência alcoólica. "Isso fornece a primeira evidência humana que consumo crônico de álcool pode ter efeitos nocivos de longo prazo sobre a expressão de genes responsáveis pelo ritmo circadianos", disse ela.

+ artigos

Novas pistas para mecanismos protetores do cérebro contra o alcoolismo

Beber durante a gravidez ligado ao risco de dependência alcoólica dos filhos

Quão sensível é o seu cérebro ao dano induzido pelo álcool ?

Álcool e nicotina: uma combinação fatal

Identificado gene da dependência de álcool

Consumo de álcool aumenta o progresso do HIV

Alcoolismo: antioxidantes podem ajudar a prevenir má formação durante a gravidez

Ingerir bebidas alcoólicas moderadamente libera endorfinas no cérebro


Enviar a um amigo

[voltar] [topo]

Atenção: As informações contidas neste site têm caráter informativo e não devem ser utilizadas para realizar auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Proibida a reprodução, distribuição ou publicação, parcial ou total, do conteúdo deste site estando o infrator sujeito às sanções legais cabíveis.


notícias 2010
Jan Fev Mar
Abr Mai Jun
Jul Ago Set
Out Nov Dez

Mais notícias:
1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015

+ notícias
marcador Estudo mostra como a maconha suprime as funções imunes
marcador Chocolate preto é bom para diabetes Diabetic Medicine, 18/10/2010
marcador Exercícios podem aumentar o volume do cérebro de pacientes com esquizofrenia
marcador Óleo de peixe reduz risco de distúrbios psicóticos
marcador Chumbo pode ser o responsável pelo TDAH
marcador Desinfetantes podem levar ao crescimento de superbactérias
marcador O que você come depois dos exercícios faz diferença
marcador Poluição ambiental e diabetes podem estar associados
marcador Aveia é saudável
marcador Exercício reduz ansiedade, estresse e depressão na menopausa
Home Saúde no dia-a-dia: Doenças e Prevenção: Pesquisas Científicas: Variedades: Sobre nós:
Contato Alimentação Saudável Artigos Médicos Notícias da Semana Cartão virtual Anuncie Conosco
Newsletter Atividade Física Perguntas e Respostas Arquivo de Notícias Pesquisas Online Equipe
Diretório de Saúde Saúde da Família Ponto de Vista Notícias - Setor de Saúde Testes e Curiosidades Colaboradores
Medicamentos Genéricos Vitaminas e Sais Minerais Comunidades Virtuais Agenda Serviços ao Leitor Termo de Compromisso
Dicionário Médico Fitoterápicos
Mapa do site
Desenvolvimento:Tecnoweb - Tel: (0xx21)2523-9108
Todos os direitos Reservados. 2000 - 2014 ®
Pesquisar
Inicio Newsletter Contato
Ecard Recomendar Twitter