Emedix - Portal de saúde com informações sobre doenças, prevenção, tratamento, saúde no dia a dia, nutrição e qualidade de vida.
Imagens
Diretório de Saúde Dicionário Médico Medicamentos Genéricos Comunidades Virtuais
Saúde no dia-a-dia
linha
  Alimentação Saudável
linha
  Atividade Física
linha
  Saúde da Família
linha
  Vitaminas/Sais Minerais
linha
  Fitoterápicos
linha
Doenças e Prevenção
linha
  Artigos médicos
linha
  Perguntas & Respostas
linha
  Ponto de Vista
linha
Descobertas Científicas
linha
  Notícias da Semana
linha
  Arquivo de Notícias
linha
  Notícias Setor Saúde
linha
  Agenda de Eventos
linha
Variedades
linha
  Cartão virtual
linha
  Teste seu conhecimento
linha
  Pesquisas Online
linha
  Serviços ao Leitor
linha
sobre nós
linha
  Equipe
linha
  Colaboradores
linha
  Campanhas de saúde
linha
  Anuncie Conosco
linha
  Termo de Compromisso
linha
Desenvolvimento: Tecnoweb

Notícias novembrol 2015

A culpa é do junk food?

Obesity Science & Practice , 05/11/2015

Nas discussões sobre a obesidade nos Estados Unidos, refrigerantes, doces e comida de fast food são muitas vezes acusados de serem os principais culpados.

Embora uma dieta de barras de chocolate e hambúrgueres de queijo regados com uma Coca-Cola não seja aconselhável do ponto de vista nutricional, esses alimentos não são as principais causas da obesidade nos Estados Unidos, de acordo com um novo estudo da Cornell University Food and Brand Lab conduzido por David Just, PhD, e Brian Wansink, PhD.

O estudo constata que a ingestão desses alimentos não está relacionada com Índice de Massa Corporal no adulto médio. Os pesquisadores Just e Wansink analisaram os dados referentes à dieta de adultos americanos de uma amostra nacionalmente representativa e descobriram que o consumo de refrigerantes, doces e comida de fast food não está ligado ao Índice de Massa Corporal (IMC) de 95% da população. A exceção é para aqueles que estão nos extremos do espectro de IMC: os que estão cronicamente abaixo do peso e aqueles que são obesos mórbidos.

Dado que não houve diferença significativa no consumo desses alimentos entre indivíduos acima do peso e saudáveis, os pesquisadores concluíram que a grande maioria dos problemas de peso não é causada pelo consumo de refrigerantes, doces e fast food. "Isso significa", explica o Dr. Just ", que dietas e campanhas de saúde destinadas a reduzir e prevenir a obesidade podem estar fora da rota, se apenas demonizar alimentos específicos." Ele acrescenta: "se queremos uma mudança real, precisamos olhar para o regime alimentar global e para a atividade física. Focar apenas no junk food não é apenas ineficaz, mas também pode ser autodestrutivo, pois tira o foco das causas reais e subjacentes para obesidade."

Segundo os pesquisadores, os americanos estão consumindo cerca de 500 calorias a mais do que 40 anos atrás, principalmente maior quantidade de produtos à base de cereais, pães, farinhas e gorduras. Recomendam monitorar o consumo calórico global e consumir de forma consciente molhos de saladas, óleos, cremes, e produtos à base de farinhas (biscoitos, salgadinhos, pães etc.).

Os resultados deste estudo sugerem que, os médicos e profissionais que procuram ajudar as pessoas a atingir um peso saudável devem examinar os padrões globais de consumo, como lanches e atividade física nfluenciam o peso ao invés de simplesmente eliminar "junk foods" da dieta dos pacientes.

+ Artigos:

A culpa é do junk food? - Obesity Science & Practice , 05/11/2015

Obesidade afeta qualidade da vida sexual - Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism, 03/03/2009

Obesidade e distribuição de gordura são determinados pelos genes - Proceedings of the National Academy of Sciences, 10/04/2006

Tratar obesidade pode melhorar eficácia do tratamento para hepatite C - Hepatology, 01/06/2006

Assistir televisão aumenta a obesidade infantil? - The Journal of Pediatrics, 19/10/2005

Dieta rica em proteína acentua o benefício dos exercícios - Journal of Nutrition, 25/08/2005

Obesidade Infantil: consumo de refrigerantes aumenta o seu risco - Journal of Pediatrics, 10/05/2005

Dormir menos pode estar relacionado ao ganho de peso - Archives of Internal Medicine, 10/01/2005

Ganho de peso rápido na infância pode levar a obesidade aos 7 anos -Pediatrics, 04/02/2002

A obesidade é ruim para a mente - Universidade de Toronto, 28/05/2001


Buscar mais artigos:  


Enviar a um amigo

[voltar] [topo]

Atenção: As informações contidas neste site têm caráter informativo e não devem ser utilizadas para realizar auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Proibida a reprodução, distribuição ou publicação, parcial ou total, do conteúdo deste site estando o infrator sujeito às sanções legais cabíveis.


notícias 2015
Jan Fev Mar
Abr Mai Jun
Jul Ago Set
Out Nov Dez

Mais notícias:
1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015

+ notícias
marcador Estudo mostra como a maconha suprime as funções imunes
marcador Chocolate preto é bom para diabetes Diabetic Medicine, 18/10/2010
marcador Exercícios podem aumentar o volume do cérebro de pacientes com esquizofrenia
marcador Óleo de peixe reduz risco de distúrbios psicóticos
marcador Chumbo pode ser o responsável pelo TDAH
marcador Desinfetantes podem levar ao crescimento de superbactérias
marcador O que você come depois dos exercícios faz diferença
marcador Poluição ambiental e diabetes podem estar associados
marcador Aveia é saudável
marcador Exercício reduz ansiedade, estresse e depressão na menopausa
Home Saúde no dia-a-dia: Doenças e Prevenção: Pesquisas Científicas: Variedades: Sobre nós:
Contato Alimentação Saudável Artigos Médicos Notícias da Semana Cartão virtual Anuncie Conosco
Newsletter Atividade Física Perguntas e Respostas Arquivo de Notícias Pesquisas Online Equipe
Diretório de Saúde Saúde da Família Ponto de Vista Notícias - Setor de Saúde Testes e Curiosidades Colaboradores
Medicamentos Genéricos Vitaminas e Sais Minerais Comunidades Virtuais Agenda Serviços ao Leitor Termo de Compromisso
Dicionário Médico Fitoterápicos
Mapa do site
Desenvolvimento:Tecnoweb - Tel: (0xx21)2523-9108
Todos os direitos Reservados. 2000 - 2014 ®
Pesquisar
Inicio Newsletter Contato
Ecard Recomendar Twitter