Emedix - Portal de saúde com informações sobre doenças, prevenção, tratamento, saúde no dia a dia, nutrição e qualidade de vida.
Imagens
Diretório de Saúde Dicionário Médico Medicamentos Genéricos Comunidades Virtuais
Saúde no dia-a-dia
linha
  Alimentação Saudável
linha
  Atividade Física
linha
  Saúde da Família
linha
  Vitaminas/Sais Minerais
linha
  Fitoterápicos
linha
Doenças e Prevenção
linha
  Artigos médicos
linha
  Perguntas & Respostas
linha
  Ponto de Vista
linha
Descobertas Científicas
linha
  Notícias da Semana
linha
  Arquivo de Notícias
linha
  Notícias Setor Saúde
linha
  Agenda de Eventos
linha
Variedades
linha
  Cartão virtual
linha
  Teste seu conhecimento
linha
  Pesquisas Online
linha
  Serviços ao Leitor
linha
sobre nós
linha
  Equipe
linha
  Colaboradores
linha
  Campanhas de saúde
linha
  Anuncie Conosco
linha
  Termo de Compromisso
linha
Desenvolvimento: Tecnoweb

Notícias junho de 2013

Tratamento ajuda o retorno do sexo após a menopausa

The North American Menopause Society, 05/06/2013

A vida sexual satisfatória contribui para a qualidade de vida dos idosos, mas a dor sexual que pode vir após a menopausa pode tirar das mulheres e de seus parceiros essa satisfação.Existe tratamento que pode ajudar a restaurá-la, mostra um levantamento global, incluindo cerca de 1.000 homens e mulheres norte americanos de meia-idade.

A dor sexual nesta fase da vida de uma mulher é geralmente o resultado de uma típica secagem e afinamento dos tecidos dentro e ao redor da vagina após a menopausa, chamada de atrofia vulvovaginal (VVA), juntamente com a diminuição da atividade sexual. Lubrificantes e hidratantes vaginais, o estrogênio vaginal e o ospemifeno, um medicamento oral aprovado recentemente que é um modulador do receptor de estrogênio seletivo (SERM), podem ser usados para tratá-la.

Conhecida como Clarifying Vaginal Atrophy's Impact on Sex and Relationships (CLOSER), a pesquisa foi encomendada pela Novo Nordisk, fabricante de um tratamento vaginal de estrogênio. Ele incluiu as voluntárias na pós-menopausa com idades entre 55 a 65 anos que tiveram VVA e seus parceiros masculinos. Esta parte do CLOSER observou como o tratamento com estrogênio vaginal afetou suas vidas sexuais.

Antes do tratamento, a maioria dessas mulheres (58%) disse ter evitado a intimidade por causa da dor, e 68% disseram que tinham perdido o seu desejo por causa disso. Uma percentagem ainda maior dos homens (78%) disse que o desconforto vaginal do sua parceira os levaram a evitar a intimidade. Cerca de um terço dos homens e mulheres tinham parado de fazer sexo completamente.

Após o tratamento, a maioria dos homens e mulheres relataram que o sexo era menos doloroso para eles e mais de 40% das mulheres e dos homens disseram que o sexo era mais satisfatório. Cerca de 29% e 34% dos homens disseram que sua vida sexual tinha melhorado. O tratamento também teve um impacto positivo na auto-estima das mulheres. Cerca de um terço se sentia mais otimista sobre o futuro de sua vida sexual, e um número semelhante se sentiam mais ligadas aos seus parceiros.

"Não há nenhuma necessidade da qualidade de vida de uma mulher declinar por causa da VVA", disse a Diretora Executiva da NAMS, Margery LS Gass, MD.

Muitas mulheres obtem alívio com lubrificantes e hidratantes vaginais e atividade sexual regular ou o uso de dilatadores vaginais. Estrogênio vaginal, na forma de cremes, comprimidos ou anéis, é uma terapia comum e é atraente para as mulheres que não podem ou preferem não tomar hormônios por via oral, uma vez que a absorção na corrente sanguínea é mínima. Mulheres que tiveram câncer de mama ou útero são incentivadas a discutir os prós e contras de diferentes tratamentos com o seu oncologista. O SERM oferece uma alternativa para as mulheres que optam por não usar qualquer terapia hormonal oral ou vaginal.


+ Artigos:

Lágrimas de mulher reduzem excitação sexual de homens - Weizmann Institute of Science, 06/01/2011

Mudanças no estilo de vida melhoram função sexual masculina - The American Journal of Medicine, 01/02/2007

Transferência de gene para tratar disfunção erétil é promissora - Human Gene Therapy, 30/11/2006

Uso de estatina melhora desempenho erétil de alguns homens - Journal of Sexual Medicine, 01/03/2005

Nova visão sobre causa potencial de disfunção sexual em mulheres. - American Journal of Obstetrics & Gynecology, 25/05/2005

Disfunção erétil: perda de peso e prática de exercícios podem melhorar condição - JAMA, 23/06/2004

Estudo desvenda o complexo papel dos hormônios nas mulheres - Endocrine Society's 86th Annual Meeting, 16/06/2004

A testosterona auxilia o cérebro de homens mais velhos - Journal of the American Geriatrics Society, 15/04/2002

Fumo aumenta tendência à impotência - Journal of Urology, 05/12/2001

Novos medicamentos para hipertenãao podem melhorar a função sexual - American Journal of the Medical Sciences, 01/05/2001

Pesquisa aponta nova classe de medicamentos para impotência - Journal of Medicinal Chemistry, 06/04/2000

Impotência sexual pode ser sinal prévio de doença do coração - American Heart Association, 10/11/1999


Buscar mais artigos:  


Enviar a um amigo

[voltar] [topo]

Atenção: As informações contidas neste site têm caráter informativo e não devem ser utilizadas para realizar auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação. Em caso de dúvidas, consulte o seu médico.

Proibida a reprodução, distribuição ou publicação, parcial ou total, do conteúdo deste site estando o infrator sujeito às sanções legais cabíveis.


notícias 2013
Jan Fev Mar
Abr Mai Jun
Jul Ago Set
Out Nov Dez

Mais notícias:
1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015

+ notícias
marcador Estudo mostra como a maconha suprime as funções imunes
marcador Chocolate preto é bom para diabetes Diabetic Medicine, 18/10/2010
marcador Exercícios podem aumentar o volume do cérebro de pacientes com esquizofrenia
marcador Óleo de peixe reduz risco de distúrbios psicóticos
marcador Chumbo pode ser o responsável pelo TDAH
marcador Desinfetantes podem levar ao crescimento de superbactérias
marcador O que você come depois dos exercícios faz diferença
marcador Poluição ambiental e diabetes podem estar associados
marcador Aveia é saudável
marcador Exercício reduz ansiedade, estresse e depressão na menopausa
Home Saúde no dia-a-dia: Doenças e Prevenção: Pesquisas Científicas: Variedades: Sobre nós:
Contato Alimentação Saudável Artigos Médicos Notícias da Semana Cartão virtual Anuncie Conosco
Newsletter Atividade Física Perguntas e Respostas Arquivo de Notícias Pesquisas Online Equipe
Diretório de Saúde Saúde da Família Ponto de Vista Notícias - Setor de Saúde Testes e Curiosidades Colaboradores
Medicamentos Genéricos Vitaminas e Sais Minerais Comunidades Virtuais Agenda Serviços ao Leitor Termo de Compromisso
Dicionário Médico Fitoterápicos
Mapa do site
Desenvolvimento:Tecnoweb - Tel: (0xx21)2523-9108
Todos os direitos Reservados. 2000 - 2014 ®
Pesquisar
Inicio Newsletter Contato
Ecard Recomendar Twitter